O que um remédio para déficit de atenção tem a ver com futebol americano?

“Take your pills” é um documentário do premiado diretor Alison Klayman. Ele fala sobre uma realidade que todos nós também sentimos na pele todos os dias: a crescente expectativa por alto rendimento acadêmico, profissional e atlético. A competição, em todas essas esferas, exige o que muitas vezes nos parece ser um esforço sobre-humano. Isso tudo ao mesmo tempo que temos cada vez mais distrações nos tirando o foco. E é aí que entra o remédio para déficit de atenção.

Adderall é um remédio estimulante baseado em anfetamina, usado para tratar a narcolepsia e o déficit de atenção. A droga atua no sistema nervoso central, aumentando a atividade cerebral. O resultado é o aumento de foco, da capacidade cognitiva e até mesmo de força muscular.

Os comprimidos – comprados de forma ilegal ou com receita médica – estão sendo usados, por exemplo, por profissionais da área financeira, jogadores profissionais de futebol americano, assim como por muitos estudantes universitários americanos. Tudo para se colocar à frente no desempenho ou apenas para conseguir manter a velocidade e foco exigidos pela atividade e o ambiente competitivo.


O documentário acompanha pessoas que são defensoras do uso de Adderall e que parecem não se importarem com possíveis efeitos colaterais. Por outro lado, a performance alcançada sob efeito do remédio é questionada por alguns usuários como um resultado que não pertence a eles de verdade. Sentem que estão trapaceando a si mesmos. E ainda, outros sentem que o foco intenso obtido com a droga limita a criatividade.

“Take your pills” resume bem o atual zeitgeist, o espírito do nosso tempo. A pressão faz com que muitas pessoas sintam que precisam acelerar o caminho da disciplina e esforço para fazer mais e melhor.

Poster do documentário:

Fábio Buss

Diretor de Planejamento

Sempre atento às mudanças do mercado, o Buss já foi diretor de arte, designer e hipster. Agora, enquanto não vier com uma ideia nova, ele é o diretor de planejamento da SPR. Graduado em Design com habilitações em Design Gráfico e em Design de Produto, e pós-graduando em Design de Interação pelo Instituto Faber-Ludens, de Curitiba. Quer mudar algo na maneira como sua marca se comunica? Ele é o cara pra isso.

Mais sobre a SPR

TRABALHOS

CLIENTES

PALESTRAS

BLOG